Câmara de Frutal cassa mandato de vereador que teria utilizado plenário da para lançar candidatura a deputado estadual

O primeiro suplente da coligação, Reimar Rodrigues Alvarenga (PSDB), assumirá a vaga.


Por MG2 em 07/11/2019 às 08:46 hs

Câmara de Frutal cassa mandato de vereador que teria utilizado plenário da para lançar candidatura a deputado estadual
Denúncia foi feita a partir de uma condenação na Justiça Eleitoral. — Foto: Reprodução/TV Integração

O vereador de Frutal Bruno Augusto de Jesus (PSB) teve o mandato cassado pela Câmara em sessão extraordinária nesta quarta-feira (6). A decisão da Casa foi em duas votações, com resultados de 10 a 4. A cassação ocorreu por ato de improbidade administrativa e quebra de decoro parlamentar.

A denúncia à Câmara de Frutal foi feita a partir de uma condenação na Justiça Eleitoral, na qual o vereador foi multado por utilizar indevidamente o plenário da Casa para lançamento da candidatura a deputado estadual.

Em nota enviada à produção da TV Integração, a assessoria de Bruno Augusto afirmou que a justificativa para a cassação é frágil e o ato é meramente político. Além disso, conforme a nota, o vereador denunciou atos de compra e venda de apoio político para as eleições da Mesa Diretora da Câmara, em 2016. A operação resultou na condenação de seis parlamentares. O legislador disse ainda que não tem nenhuma condenação na Justiça e tem sofrido ameaças e represálias.

Com a cassação de Bruno Augusto, o primeiro suplente da coligação, Reimar Rodrigues Alvarenga (PSDB), assumirá a vaga.



Deixe seu Comentário


 topo

Seja visto por centenas de pessoas diariamente

Cadastre-se agora mesmo em nosso guia comercial, conheça agora mesmo nossos planos !